InícioGERALRestaurante na Bahia é assaltado duas vezes no mesmo dia e empresário...

Restaurante na Bahia é assaltado duas vezes no mesmo dia e empresário fecha local por tempo indeterminado

Published on


Um restaurante foi assaltado duas vezes na manhã desta terça-feira (6), no bairro da Federação, em Salvador. Os crimes foram registrados através de imagens de câmeras de segurança.

Nas imagens, é possível ver que o suspeito chega ao local no momento em que um funcionário varre a calçada do estabelecimento, por volta das 8h. O homem entra no restaurante, anuncia o assalto e segue para o caixa para pegar o dinheiro. Em seguida, ele sai tranquilamente do local.

Cerca de três horas depois, por volta das 11h, o mesmo suspeito volta ao local, com outra bermuda e um comparsa, para assaltar novamente o estabelecimento. O comparsa entra no restaurante, enquanto ele fico do lado de fora, anuncia o assalto e vai até o caixa para pegar o dinheiro. Depois, a dupla sai correndo do local. Não há detalhes do valor roubado nas duas ações.

A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência e buscas são realizadas na região para localizar os suspeitos.  Conforme apuração da TV Bahia, o estabelecimento foi fechado por tempo indeterminado. Testemunhas relataram à reportagem da emissora que a onda de violência é frequente na região.

Um comerciante, que não quis se identificar, disse que os funcionários dos estabelecimentos alvos dos crimes ficaram com medo por causa da insegurança. “Ninguém quer ficar passando terror. Ameaça tem! Dá até para escutar em um dos vídeos que o rapaz, o meliante, fala: ‘Não me leve a mal, tia! Eu tô aqui, porque mandaram eu tá aqui’. Então quem manda fazer isso não vai lá, não é? Manda os outros irem fazer“, disse.

Ainda segundo comerciante, os suspeitos já chegam ao local ameaçando os funcionários. “Pedem dinheiro, querem saber quem é a dona, quem é o dono, ficam ameaçando, dizendo que tem que pagar pela segurança“.

E aí, quem faz a segurança é bandido agora?“, questinou indignado. O comerciante também explicou que as vítimas ficam com medo de denunciar os crimes. “Ninguém quer ir na delegacia prestar queixa, porque ficam com medo de retaliação. E tá certo mesmo, porque todo mundo tem que prezar pela própria vida”, contou.

Fonte G1 Bahia





Fonte

Latest articles

Afrânio: Distrito de Cachoeira do Roberto já vive expectativas para Festa do Divino

Todos os anos, no Dia de Pentecostes, a comunidade católica da vila de...

Prefeito de Garanhuns é orientado a exonerar filho de secretário que atua como professor

Com base no princípio legal do respeito à impessoalidade na administração pública e...

54% das empresas nacionais enfrentaram violações de segurança cibernética em 2023

A ManageEngine anunciou, na manhã desta terça-feira (23), em São Paulo, os resultados...

Exposição gratuita sobre temas ligados à Psicologia vai ser realizada em Petrolina

No sábado (27) vai ser realizada uma exposição com os temas “Neuroanatomia e...

More like this

Afrânio: Distrito de Cachoeira do Roberto já vive expectativas para Festa do Divino

Todos os anos, no Dia de Pentecostes, a comunidade católica da vila de...

Prefeito de Garanhuns é orientado a exonerar filho de secretário que atua como professor

Com base no princípio legal do respeito à impessoalidade na administração pública e...

54% das empresas nacionais enfrentaram violações de segurança cibernética em 2023

A ManageEngine anunciou, na manhã desta terça-feira (23), em São Paulo, os resultados...