InícioGERALCarnaval de Recife (PE); 125 positivaram para sífilis e 10 para HIV


Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) foram diagnosticadas em 142 pessoas no Carnaval do Recife, da abertura da festa na cidade (quinta-feira, 8) até a terça-feira (13). A reportagem do JC apurou os dados com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Durante o período carnavalesco, a Prefeitura do Recife disponibilizou à população aconselhamento e testagem rápida para o HIV, sífilis, hepatites B e C em três centros de testagem, localizados nos polos da Praça do Arsenal (Centro), Ibura (Zona Sul) e Várzea (Zona Oeste).

As equipes de profissionais realizaram testagem rápida em 1.307 pessoas, segundo a Sesau.

No total, foram detectados:

125 casos reagentes para sífilis
10 para HIV
4 para hepatite C
3 para hepatite B

“As pessoas que tiveram testes positivos receberam aconselhamento no próprio estande do teste rápido e foram orientadas a procurar o serviço de referência para seguimento no tratamento”, informou, em nota, a Sesau.

Também foram distribuídos, durante o Carnaval do Recife, 1.375 autotestes para HIV. As pessoas foram orientadas sobre a forma de realizar adequadamente o autoteste e sobre a conduta que deve ser seguida se houver teste positivo. Nesse caso, orienta-se procurar os Serviços de Atenção Especializada em HIV/Aids (SAE) da Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena, Zona Oeste, e da Policlínica Gouveia de Barros, na Boa Vista, Centro da cidade.

O uso da camisinha, em todas as relações sexuais, é o método mais eficaz para proteção contra o HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

As ISTs são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e transmitidas, principalmente, por meio de contato sexual com uma pessoa que esteja infectada.

Atendimento, diagnóstico e tratamento das ISTs estão disponíveis na rede pública de saúde de forma gratuita.

HIV
Sífilis
Herpes genital
HPV
Gonorreia
Infecção por clamídia
Hepatites B e C
Infecção pelo HTLV
Tricomoníase

As infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) aparecem principalmente no órgão genital, mas também podem surgir em outras partes do corpo, como palma das mãos, olhos ou língua. Elas podem se manifestar por meio de feridas, corrimentos e verrugas anogenitais, entre outros possíveis sintomas, como dor pélvica, ardência ao urinar, lesões de pele e aumento de ínguas.





Fonte

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -

MAIS POPULARES

COMENTARIOS RECENTES